FECOMÉRCIO COMEMORA DECISÃO DO GOVERNO EM MUDAR DATA DE COBRANÇA DO ICMS

06 de Junho de 2018, 04:54

A greve dos caminhoneiros, que durou vários dias e levou a economia brasileira a uma situação de alta gravidade provocou sérios problemas para a classe empresarial, no que diz respeito à situação tributária das empresas. As atividades comerciais sofreram um impacto de mais de 60% de queda durante os dias de paralisação da categoria, o que incidiu em queda nas vendas das empresas do comércio sergipano. Isso influiu negativamente para o recolhimento do ICMS no período.


Após o apelo do presidente da Fecomércio, o governador do Estado, Belivaldo Chagas, emitiu o decreto 40.055. O decreto do governador especifica que a arrecadação do ICMS do período correspondente entre 15 e 31 de maio serão contados somente em 1º de junho, o que posterga a arrecadação para 30 de junho. Hugo Lima França comemorou a decisão do governador.