EXPOSIÇÃO

21 de Novembro de 2019, 08:55

Espaço Zé Peixe recebe exposições de peças africanas e de povos de terreiro


 

Como parte da programação realizada pelo Governo de Sergipe para celebrar o mês da Consciência Negra, na tarde da última terça-feira, 19, parte de um acervo com peças oriundas do continente africano foram expostas ao público, no Espaço Zé Peixe. As exposições Art In África e Orixás do Ilê Axé Obafanidê, promovidas pela Secretaria de Estado da Inclusão, da Assistência Social e do Trabalho (Seit) através do Espaço, contam com peças integrantes do acervo do Ilê Axé Obafanidê e do acervo pessoal de Guga Viana, produtor cultural da casa, estando abertas à visitação do público até o dia 30 de novembro, das 07h às 19h.

 

De acordo com ele, o acervo completo é composto por cerca de 3 mil peças, reunidas durante os 15 anos em que residiu nos países africanos.

 

Para esta ocasião, ele afirma ter escolhido dar destaque às peças trazidas da Nigéria, um dos países em que viveu. A exposição conta com objetos em tecelagem, estátuas que representam os orixás, esculturas, entre outros artefatos. Além da exposição, o Espaço receberá também apresentações de capoeira, afoxé e rodas de conversa ao longo do mês, com o intuito de ampliar o conhecimento dos visitantes do ponto turístico sobre a cultura africana e afrobrasileira. Uma das primeiras a prestigiar a montagem da exposição Arte in Africa foi a professora Yeda Pessoa de Castro. Doutora em línguas africanas pela Universidade Nacional do Zaire e membro da Academia de Letras da Bahia, ela está de passagem por Aracaju e visitou o Espaço Zé Peixe