CONSELHEIROS ULICES ANDRADE E CARLOS PINNA CONHECEM EM MINAS SISTEMA QUE COMBATE O ACÚMULO DE CARGOS

20 de Março de 2019, 08:24

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), conselheiro Ulices Andrade, e o conselheiro-ouvidor, Carlos Pinna, estiveram na terça-feira, 19, em visita técnica à sede do TCE de Minas Gerais (TCE/MG). Na ocasião, foram recebidos pelo presidente da Corte mineira, conselheiro Mauri Torres, que lhes apresentou o sistema de Cadastro de Agentes Públicos do Estado e dos Municípios de Minas Gerais (CAPMG).


Lançada em 2018, a ferramenta analisa a folha de pagamento do funcionalismo público e foi criada para detectar acumulações de cargos indevidas ou recebimentos acima do teto constitucional. O presidente Mauri Torres explicou que “por meio do sistema foi possível equacionar e resolver a questão do acúmulo de cargos em Minas”.


Após a reunião no Salão Nobre, a comitiva de Sergipe seguiu para o Centro de Fiscalização Integrada e Inteligência Suricato, onde a diretora, Luciana Foreaux, e a assessora do Núcleo de Fiscalização Integrada de Atos de Pessoal, Ana Paula Gonçalves, apresentaram a unidade de inteligência e as malhas de fiscalização desenvolvidas para verificar possíveis irregularidades. 


Também participaram do encontro o diretor de Modernização e Tecnologia, Edson Brasil; e a diretora Administrativa, Ana Cristina Guimarães Pires; além da assessora jurídica da presidência do TCE/SE, Marilene Alves.