Vigilância Sanitária Estadual realizará ações educativas em supermercado

04 de Dezembro de 2017, 17:17

Em virtude da ampliação das vendas durante as festas de fim de ano, a Diretoria Estadual de Vigilância Sanitária (Divisa-SE), órgão gerenciado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizará ações educativas em redes de supermercado da capital e do interior de Sergipe. Segundo a gerente de Alimentos do órgão, Rosana Barreto, serão montados stands no interior dos estabelecimentos comerciais, a fim de facilitar a orientação dada ao consumidor. As ações serão realizadas nos próximos dias 15 e 16, por engenheiros de alimentos, médicos veterinários, técnicos de segurança do trabalho e de alimentos, entre outros profissionais.

“Realizaremos ações de cunho educativo, com foco nos alimentos consumidos mais comumente nesse período do ano. Serão destacados diversos aspectos, a exemplo da necessidade de observar os rótulos, de conservar os alimentos da melhor forma e de armazená-los corretamente após a abertura das embalagens. Entre os itens que usaremos como referência, está a maionese, bastante usada em salpicões, além de presuntos e queijos”, explicou Rosana Barreto.

Na ocasião, os médicos veterinários, responsáveis pelo trabalho de inspeção de alimentos da espécie animal nas redes de supermercados, estarão em atuação, enquanto que técnicos de segurança do trabalho instruirão trabalhadores sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIS), a fim de garantir sua própria integridade física no exercício da função, bem como a proteção ao consumidor, no que diz respeito à manipulação de alimentos.

“Atuaremos no sentido de reduzir índices relacionados às doenças transmitidas por alimentos [DTAs], entre elas as gastroenterites, como diarréia e enjôos. Essas ocorrências estão entre as registradas nas unidades de saúde, daí a necessidade de orientar o consumidor, a fim de evitá-las, especialmente, em virtude do grande reaproveitamento das iguarias, muitas vezes, inúmeros dias após a preparação. Os casos de DTAs, por sua vez, são investigados pelas Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica”, esclareceu a gerente de alimentos da Divisa-SE.

Foto SES

  • Medium 174ebb6f406a995f119a6b7d7cd13e20