Tesla ultrapassa GM e se torna montadora mais valiosa dos EUA

28 de Outubro de 2019, 06:00

O valor das ações da Tesla cresceram 17% na última quinta-feira 25, depois que a montadora de carros elétricos divulgou seu balanço no terceiro trimestre com a prova de que o CEO Elon Musk conseguiu lucro, mesmo com as dúvidas sobre suas promessas megalomaníacas para a produção dos carros. Com os papéis sendo negociados em 298 dólares, a capitalização de mercado da Tesla alcançou 53 bilhões de dólares, superando o valor de mercado de ações da GM Motors, de 51 bilhões de dólares, e tornando-a a empresa de automóveis mais valiosa dos Estados Unidos. Ela já havia ocupado tal posto anteriormente durante 3 meses, mas foi superada pela GM.


O resultado desencadeou um forte desmonte de posição de traders com posições vendidas em ações da Tesla, a segunda empresa com mais dessas posições comercializadas nos EUA, depois da Apple., em termos da quantidade total de dinheiro na venda.


Com uma aposta de 10,5 bilhões de dólares contra a Tesla, os vendedores que acreditavam na desvalorização sofreram perdas de 1,4 bilhão de dólares, anulando 70% dos lucros que registraram em 2019, enquanto a marca ia mal. Contudo, mesmo com o cenário favorável, no acumulado do ano, as ações desvalorizaram 10%.


FONTE: VEJA.