Sobe cada vez mais o preço da carne bovina e suína, afirma economista

03 de Dezembro de 2019, 05:17

O Mercado e Cotações desta terça-feira (03) fala com o professor Argemiro Brum, da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), apresenta o cenário dos principais produtos agrícolas.


Quanto ao arroz, o professor afirma que até a ultima semana de novembro o plantio chegou a 84% da área. A área estimada em 5% menor do que em 2019. A média gaúcha do arroz foi de R$ 47,50 por saco de 50 kg. 


Para o feijão, também teve estimativa de redução de área de cultivo, mas se espera uma produção superior a ocorrida na safra anterior.  O feijão preto ficou com preços mais competitivos, fechando entre R$ 155 e R$ 180, nas principais praças.


O professor ainda apresentou o mercado do milho, soja e das carnes.


Argemiro afirma que o preço das carnes bovina e suína estão subindo cada vez mais devido às festas de fim de ano. Em São Paulo, a arroba do boi gordo fechou em R$ 226,50.


FONTE: EBC.