Romaria de Nossa Senhora Aparecida deve reunir 150 mil fieis em município sergipano

11 de Outubro de 2017, 15:17

Do Povoado Queimadas, em Ribeirópolis (SE), até a sede do município de Nossa Senhora Aparecida (SE) são cerca de 8 Km de rodovia estadual que desde 2004, no dia 12 de outubro, se transforma no caminho da fé.

No dia da romaria, a população de cerca de 9 mil habitantes passa para mais de 100 mil, com a presença dos romeiros de várias partes do Nordeste e de outras regiões do Brasil. Para esta quinta-feira (12) são esperados 50 mil devotos a mais. De acordo com a Arquidiocese de Aracaju (SE), a festa já é considerada a segunda maior romaria a pé do Brasil.

Para a Igreja, o gesto dos romeiros é semelhante ao da Mãe de Jesus, que seguiu o caminhos do Salvador. "Somos caminheiros para o Pai. Ela nos ajuda a caminhar ao encontro de Deus. Cada devoto tem essa espiritualidade, que nos coloca na direção de Cristo. É muito bonito quando percebemos que as pessoas de fato acabam encontrado o amor de Deus neste caminho. Pois são pessoas que ao longo das suas vidas, nas suas lutas, nos seus trabalhos e dificuldades encontram o milagre com a ação de Cristo Jesus", diz o padre da cidade, Douglas Gonçalves.

Na romaria, os fieis chegam aos poucos e para se protegerem do calor, trazem chapéus de palha, guarda sol e muita água. A multidão transforma a paisagem na rodovia no Agreste de Sergipe espalhando mensagens de fé.

A romaria está na 14ª edição e celebra os 300 anos de aparição da santa, que foi pescada no Rio Paraíba do Sul no ano de 1717, em São Paulo. Os festejos no município sergipano começaram no domingo (1º), com caminhada pelas ruas da cidade e missas. Nesta quinta, a programação começa nas primeiras horas do dia.

“A partir das 5 horas, a rodovia que dá acesso ao município estará fechada e quem precisa entrar na cidade só terá acesso com veículo antes desse horário. Às 6 horas tem a missa no Povoado Queimadas e em seguida o envio dos romeiros que já terão peregrinado cerca de oito quilômetros. Por voltas das 10 horas, na praça da cidade, vai ser celebrada a Santa Missa do Romeiro. A programação segue com atos culturais e religiosos até às 17 horas, encerrando com a procissão e a missa com o arcebispo Dom João Costa”, informa o padre Douglas Gonçalves .

  • Medium d62816c7c73ede16516309d3ed449f31