Jackson participa da inauguração do centro de convenções do Comfort Hotel

01 de Dezembro de 2017, 14:59

Demonstrando os esforços do Governo de Sergipe para o desenvolvimento do setor turístico no Estado, o governador Jackson Barreto participou da inauguração do centro de convenções do Comfort Hotel de Aracaju. O espaço recebeu o nome de João Augusto Gama, homenageando o secretário de Estado da Cultura. O evento ocorreu nesta quinta-feira, 29, com a presença de diversas autoridades.

O novo espaço conta com auditórios que totalizam disponibilidade para 750 pessoas e com duas salas de reunião com capacidade para oito pessoas. A unidade do Comfort Hotel de Aracaju integra a rede Atlântica Hotels, que possui outros três hoteis na Capital e 88 em todo o Brasil. O empreendimento é de propriedade dos empresários Sérgio Gama, João Menezes e Fábio Libório e é administrado pela Atlântica sob a responsabilidade do executivo Amauri Morais.

O complexo inaugurado inclui auditórios com capacidade para 450, 180, 70 e 40 pessoas. O hotel dispõe de 132 quartos em quatro andares, com academia, piscina, spa, restaurante e estacionamento. De acordo com o governador, a alta qualidade das instalações do Comfort Hotel demonstra que Sergipe se fortalece a cada dia como destino turístico de referência dentro e fora do País.

“É muito importante para Sergipe nesse processo de ampliação e fortalecimento do turismo a presença de um centro de eventos como este, para oportunizar o turismo de negócios e eventos e a geração de empregos. Parabéns pela iniciativa dos sócios e João Augusto Gama pela homenagem. Acho uma homenagem justíssima e muito bonita, pois a vida de Gama é uma inspiração permanente de trabalho e de coerência”, afirmou.

O secretário de Cultura e homenageado falou sobre a satisfação de emprestar seu nome a um espaço de tamanha importância. “Me sinto muito orgulhoso em dar o meu nome a este centro de convenções, um investimento da iniciativa privada e, portanto, de muito valor. É um espaço de 750 lugares que pode ser utilizado para múltiplos eventos e que vem preencher uma lacuna existente em nossa cidade. Tenho absoluta certeza do sucesso do empreendimento e aqui vão os meus agradecimentos ao grupo de investidores que escolheu Aracaju e Sergipe para esse investimento e, mais do que isso, que colocou o meu nome neste lugar”, salientou.

O secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, comentou que o centro de convenções torna Sergipe mais competitivo no cenário nacional em se tratando do turismo de negócios. “Um hotel moderno como este é a prova de que o empresariado sergipano acredita na política de turismo do Governo do Estado. Junto com o hotel, vem um equipamento importante para o turismo de negócios e eventos. Temos aqui um salão capaz de receber até 450 pessoas. É muito importante para o turismo receber esse equipamento para colocar à disposição das empresas e dos organismos que promovem encontros nacionais, fazendo com que Sergipe passe então a concorrer com outros estados do Nordeste e do Brasil”, disse.

O empresário Sérgio Gama destacou a necessidade de ações do poder público em prol do turismo, citando o exemplo da implantação do voo Aracaju/Buenos Aires. “É preciso olhar com muita ênfase para o turismo. Precisamos de ações do governo junto à iniciativa privada, a exemplo do empenho que foi feito pelo Estado e pela gol para viabilizar um voo semanal de Buenos Aires para Aracaju. É pouco, mas já se vislumbra um horizonte. Contamos com o apoio financeiro do Banco do Estado de Sergipe por meio do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste), que juntamente com recursos dos investidores totaliza quase R$ 30 milhões aportados neste empreendimento”, relatou.

Homenageado

João Augusto Gama nasceu em 15 de março de 1947 e formou-se em Direito pela Universidade Federal de Sergipe em 1970. Na universidade, foi o primeiro presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), assumindo o cargo em 1968. Filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) desde 1965 , foi preso durante o período da Ditadura Militar. Iniciou a vida pública em 1984, como presidente da Empresa Municipal de Urbanização de Aracaju (Emurb). Em 1993, assumiu o cargo de Superintendente da SMTT de Aracaju. Foi secretário Municipal de Administração de Aracaju em 1994 e presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Sergipe (CDL) de 1995 a 1996. Entre 1996 e 2000 foi prefeito de Aracaju. Entre 2007 e 2009, foi secretário de Estado do Turismo e em 2014 assumiu a pasta do Planejamento, Orçamento e Gestão de Sergipe (Seplag). Hoje, é secretário de Estado da Cultura.

Ações

Com o objetivo de reafirmar a presença de Sergipe entre as grandes potências do turismo brasileiro e de inserir o Estado na cadeia turística internacional, diversas medidas vem sendo articuladas pelo Governo. Um exemplo é o voo Aracaju/Buenos Aires, inaugurado no dia 04 de novembro sob operação da Gol Linhas Aéreas. Para viabilizá-lo, o Governo do Estado concedeu incentivo no QAV (querosene de aviação), reduzindo a alíquota do ICMS incidente para 6%.

O Aeroporto Santa Maria também vem passando por diversas intervenções. Em 02 de junho, a Infraero apresentou o novo projeto de ampliação do terminal de passageiros. A obra está orçada em R$ 85 milhões, valor que compreende o novo terminal e a ampliação do pátio de aeronaves em 8.500 m2. Outros R$ 25 milhões serão destinados à conclusão da obra da pista de pouso e decolagem, que já alcançaram 80% de execução.

A Infraero já dispõe dos R$ 110 milhões necessários. Os recursos são oriundos de emendas parlamentares. Na ampliação e reforço da Pista de Pouso e Decolagem a Infraero já investiu R$ 60 milhões. Com as novas intervenções, o total investido no aeroporto atingirá R$ 170 milhões.

Desde 2013, o Governo de Sergipe realizou uma série de intervenções complementares à ampliação do Complexo Aeroportuário, a exemplo da implantação de um novo Sistema Viário no Entorno do Aeroporto, o desmonte do Morro da Piçarreira e a demolição do Reservatório de Água da Deso, o R-5. O investimento total corresponde a aproximadamente R$ 55,5 milhões.

Outra medida de desenvolvimento do setor turístico articulada pelo Governo é o Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), que corresponde a uma linha de crédito entre o Governo do Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil (BID). A parceria totaliza US$ 100 milhões no âmbito do Prodetur Nacional. Cabe ao BID o financiamento de US$ 60 milhões e US$ 40 milhões são a contrapartida estadual.

Através do Prodetur, dezenas de ações já foram concluídas e/ou estão em andamento, a exemplo da implantação do sistema de esgotamento sanitário e construção da orla no Povoado Crasto, em Santa Luzia do Itanhy; inauguração da Orla de Canindé do São Francisco; reforma do Centro de Turismo de Aracaju; investimento em cursos de capacitação; reforma da Orla Pôr do Sol e do atracadouro em Aracaju; contrução da orla do Povoado Pontal, em Indiaroba; construção do esgotamento sanitário do Povoado Saúde em Santana do São Francisco; projeção e construção da orla do litoral sul de Aracaju. Todas essas medidas compreendem um investimento total superior a de R$ 42 milhões.

  • Medium 7ff1404557887edaa6315c85d0018984