99 baixa o preço e acirra guerra de aplicativos de transporte

08 de Agosto de 2018, 11:11

A disputa das empresas de aplicativos de transporte pelo passageiro brasileiro ganha mais um capítulo nesta quarta-feira, dia 8.


A 99, segunda maior empresa do país, coloca em prática uma redução de 17% no preço da corrida de seu serviço 99 pop na região metropolitana de São Paulo. É uma estratégia declarada de ganhar o passageiro pelo preço e intensificar o crescimento da empresa no número de viagens. No primeiro semestre, a expansão foi de 30%.


A guerra de preços envolve as duas maiores companhias do mundo nesse segmento. A 99 foi integralmente adquirida pela chinesa DiDi no início deste ano, em negócio que avaliou a startup brasileira em 1 bilhão de dólares. A DiDi é a maior empresa do mundo em aplicativos de transporte. A segunda colocada global é a Uber, que, no entanto, mantém a liderança no Brasil.


Para tornar possível a mudança na região metropolitana de São Paulo, a 99 vai reduzir de 26 centavos de real para 15 centavos a tarifa por minuto cobrada dos passageiros nas corridas.


Outra mudança será a redução da taxa cobrada do motorista por corrida, que cairá de 16,99% para 12,50%, sempre no serviço 99 pop, que é prestado por motoristas com carros particulares.